sábado, abril 17

Hospital Regional de Coari ganha usina própria de produção de oxigênio

0

A usina geradora de oxigênio adquirida pela Prefeitura de Coari foi interligada com sucesso à rede do Hospital Regional (HRC) no dia 25 de janeiro deste ano e desde então segue em pleno funcionamento, fornecendo oxigênio medicinal para os pacientes acometidos pela Covid-19, bem como por outras doenças. O início da operação foi acompanhado pela prefeita interina Dulce Menezes, pela presidente em exercício da Câmara Municipal, Jeany Pinheiro, entre outras autoridades locais.

Na ocasião, Dulce agradeceu pelo esforço que foi realizado para viabilizar a vinda da usina e enfatizou a importância do momento. “Agradecemos o apoio incansável de todos os envolvidos nesta ação de sobrevivência, inclusive a Força Aérea Brasileira (FAB), que ajudou a trazer os equipamentos até a nossa cidade. A força tarefa, com logística de guerra, não nos fez perder a esperança. Juntos seremos invencíveis. Salvar vidas é a nossa missão”, afirmou.

A aquisição da usina geradora de oxigênio faz parte dos esforços da administração no enfrentamento à Covid-19, visando tornar Coari autossuficiente na produção e abastecimento do insumo. “Essa estrutura vem aumentar a autonomia do nosso município e reduzir a dependência pelo oxigênio vindo de outras regiões. Isso representa melhorias no atendimento em saúde não só agora no período pandêmico”, destacou a prefeita interina.

A usina adquirida pela prefeitura tem capacidade de produção de geração de oxigênio de 648 metros cúbicos por dia, que corresponde a uma capacidade de envasamento de cilindros de 85 unidades no mesmo período. A concentração de pureza do oxigênio produzido é de 93 à 96%, padrão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A estrutura assegurará o abastecimento em todos os serviços de saúde administrados pelo município, bem como poderá atender, futuramente, municípios do entorno.

Compartilhe

Comente