segunda-feira, maio 17

Eventos alusivos ao Dia do Índio reforçam a importância dos povos indígenas de Coari

0

Mais do que lembrar e comemorar a contribuição cultural dos indígenas na formação da sociedade brasileira, o Dia do Índio, comemorado nesta segunda-feira, 19 de abril, serve para reforçar o reconhecimento dos direitos desses povos de manter e fortalecer suas identidades, línguas e religiões.

E foi com este objetivo que várias ações em alusão a data foram realizadas pela Prefeitura de Coari, por meio de suas secretarias municipais.

Uma delas foi promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), por intermédio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS 1), que levou a estrutura do CRAS Itinerante, na última sexta-feira (16), para a comunidade indígena Itaboca, no Lago de Coari.

Na ocasião, aconteceram diversas atividades, além de palestras, sorteios de brindes e brincadeiras, proporcionando momentos de muita alegria e diversão para a equipe da assistência social e os comunitários indígenas.

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semed), através da Gerência Indígena, também realizou uma ação importante com a abertura da Semana dos Povos Indígenas de Coari, no último dia 12, a qual contou com apresentações na Língua Ticuna, entre outras atividades culturais.

O tema central do evento foi o movimento etnicoeducacional dos povos indígenas do município, tendo como foco a primeira “Mostra da Diversidade Cultural Indígena de Coari”.

De acordo com a Semed, a história da revolução da diversidade etnicaeducacional dos povos indígenas de Coari mostra que eles passaram a ser organizados no ano de 1996, a partir da criação da organização União dos Povos Indígenas de Coari do Médio Solimões – UPICMS.

Direitos legais foram assegurados aos indígenas quanto as suas especificidades originárias com essa união dos povos – Arara, Miranha, Mura, Kambeba, Tukano, Tikuna, Apurinã, Kokama, Katawixi e Juma, que são encontrados no Lago de Coari, Lago do Mamiá, Paraná do Carapanatuba, Rio Solimões, Rio Copeá, Paraná do Dururuá, Paraná do Surubim e Paraná do Jussara.

Apesar das conquistas dos últimos anos, as lutas dos povos indígenas ainda são muitas e precisam do apoio de todos.

Compartilhe

Comente